Rodoviários e empresários se encontram em mediação realizada no Ministério do Trabalho

Nesta segunda-feira (16), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão participou da Audiência de Mediação convocada pelo Ministério do Trabalho. O encontro foi conduzido por Mônica Duailibe, Auditora Fiscal do Trabalho. Além dos Rodoviários, estiveram presentes representantes do sindicato patronal (SET), do Consórcio Upaon-Açu, da Prefeitura de São Luís e da Agência de Mobilidade Urbana (MOB).

Inicialmente a palavra foi concedida ao Sindicato dos Rodoviários, que expressou todos os problemas enfrentados pela categoria, como os constantes atrasos de salários, a não concessão de direitos importantes como os planos de saúde e odontológico, além de trabalhadores atuando na função sem o registro profissional.

Em seguida foi a vez do SET justificar os motivos do descumprimento de itens da Convenção Coletiva de Trabalho. Mais uma vez, os empresários colocaram a culpa nas tarifas praticadas no transporte público de São Luís, que mesmo com os reajustes concedidos recentemente, eles alegam que mês a mês, continua sendo difícil atender todas as garantias dos empregados.

Durante a Audiência, Mônica Duailibe constatou que algumas empresas que compõem o Consórcio Upaon-Açu, ainda nem efetuaram o pagamento deste mês dos trabalhadores, a exemplo da Planeta (São Benedito), que está projetando a regularização dos salários nesta semana. Em decorrência de todas essas irregularidades, a auditora fiscal se comprometeu a realizar fiscalizações nas empresas, para que seja verificada as condições que os trabalhadores estão exercendo a atividade.

O Consórcio Upaon-Açu é formado por oito empresas. Como muitos representantes delas não estiveram presentes, a Audiência foi remarcada para o próximo dia 20, as 10h30, no Ministério do Trabalho. Para Mônica Duailibe, todos os empresários serão convocados e presença deles é indispensável, como forma de resolver de uma vez por todas, a situação dos Rodoviários.

Ascom Sind. Rodoviários -MA

Comentários