O PM que agrediu e atirou contra um servidor público teve prisão decretada

O PM ainda não foi localizado. Imagens de câmera de controle interno de uma conveniência no bairro da Cohab mostram quando o soldado Eduardo Luz Soares deu um soco no barnabé Anderson Pereira da Silva, na madrugada deste segunda-feira. A discussão entre os dois foi parar numa área de estacionamento quando a vítima insistia tomar satisfações com o agressor, mesmo depois de apanhar socos e pontapés. O PM ainda deu dois tiros no pé do funcionário público.

Por causa do forte soco, Anderson continua internado em um hospital particular, enquanto o militar foi desligado do CTA, onde era lotado e vai responder ao crime cometido. Ele não estava em serviço da PM.

Comentários