Papa Francisco é alvo de brasileiros após pedir mais desenvolvimento e menos armas

Um grupo de brasileiros se sentiu ofendido após o Papa Francisco mandar uma mensagem ao mundo pedindo mais políticas desenvolvimento e menos de armamentos. A singela mensagem, publicada no Twitter esta quarta-feira (26), foi rebatida por vários brasileiros favoráveis ao estatuto do desarmamento. Nos comentários eles tentaram convencer o pontífice da igreja católica de que a população precisa de armas.


Até a publicação desta reportagem, mais de 13 mil pessoas haviam respondido o tweet do pontífice. A briga no microblog teve como pivô as eleições de 2018 e as propostas defendidas pelo presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que tem posição favorável à revogação do Estatuto do Desarmamento. Ao longo da manhã, brasileiros discutiam a posição do Papa na rede social. 
Anteriormente, o pontífice já havia criticado fabricantes de armas no microblog. "Nós realmente queremos a paz? Então, vamos banir as armas para não ter que viver no medo da guerra”, publicou em abril deste ano.
Por (DOL)

Comentários