Atos pró-Bolsonaro ocorreu em São Luís e em outras cidades do Brasil

Em protesto ao movimento #ele não, manifestantes saíram às ruas da capital maranhense e em diversas cidades do país, neste domingo (30), em favor da candidatura à Presidência da República pelo PSL de Jair Bolsonaro. Em alusão aos adversários, os manifestantes usaram como referência # ele sim.

Em São Luís, os manifestantes percorreram a avenida Litorânea, no bairro do Calhau na capital maranhense.

Nesse sábado, Flávio e Carlos Bolsonaro, filhos do candidato, postaram vídeos com imagens de manifestações favoráveis ao pai. O mesmo fez o próprio candidato.

Brasília

Na capital Federal, uma carreata com mais de 25 mil veículos, conforme números divulgados pela Polícia Militar, os dois lados do Eixo Monumental ficaram tomados por carros.

Alguns manifestantes seguira pelas asas Sul e Norte realizando buzinaços, hastearam bandeiras do Brasil e imitavam a “arminha”, gesto com as mãos popularizado pelo candidato do PSL, Jair. Bolsonaro.

O aposentado Jorge Choairy, 71 anos, disse que foi ao ato por um “país melhor para todo mundo”. “O nosso apoio é espontâneo. Vivemos muito bem no regime militar, que não foi ditadura. Quem era perseguido eram os bandidos e terrorista que mataram muita gente. Na verdade eles queriam implantar o comunismo no Brasil”, afirmou.

Graziele Santos, de 42 anos, afirmou também que tinha razões pessoais para estar no protesto. “Meu critério para votar este ano é ficha limpa. Eu estou cansada de corrupção, de propina e acho que o Bolsonaro veio para poder quebrar isso.”

Rio de Janeiro

Houve protesto em Copacabana, no Rio de Janeiro, no qual homens e mulheres se vestiram de verde e amarelo, levaram cartazes com elogios ao deputado e reagiram às críticas.

São Paulo e outras cidades

Há informações de manifestações em São Paulo, Belo Horizonte, Teresina, Manaus e em várias cidade de grande e médio porte no país.

Comentários