Globo deixará Daciolo fora de debate presidencial

Nos vídeos que publica nas redes sociais, o candidato Cabo Daciolo (Patriota) vem deixando claro que não fará comícios e pretende apenas participar dos debates televisivos. Contudo, o de maior visibilidade, transmitido pela Globo dia 4 de outubro, deve ocorrer sem a sua presença.
Sabidamente, Daciolo é desafeto da Rede Globo, a qual já acusou de promover “o que há de pior” no país. Agora, a emissora carioca divulgou que não chamará o candidato do Patriota. Após ter participado dos debates na Band e na RedeTV!, onde ganhou reconhecimento nacional, ele abriu mão de ir no da Gazeta e da rede Aparecida.


O argumento da Globo para decidir os participantes segue as regras estabelecidas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Sendo assim, o partido dos presidenciáveis precisa ter pelo menos cinco representantes no Congresso Nacional. O canal anunciou que também convidará todos aqueles que tiverem no mínimo 6% nas pesquisas da sexta-feira anterior (28).
Em reunião com os assessores dos principais candidatos, nesta segunda (24), foi mostrada uma tabela do TSE onde o Patriota (ex-PEN) aparece com apenas quatro congressistas. Para os outros debates a legenda apresentava uma certidão da Câmara onde constam os nomes de cinco deputados.
Porém, a planilha do TSE usada pela Globo usa uma resolução da corte que desconta um parlamentar que migrou para o Patriota na última janela partidária.
Como seu candidato não tem 6% das intenções de voto, a decisão do Patriota foi entrar na Justiça para fazer com que a emissora seja obrigada a reconhecer o número atual de parlamentares e confirmar a participação de Daciolo.
Com informações das agências.

Comentários