Adolescente morre após ficar à espera de exame em Hospital em São Luís

O adolescente Wanderson Emanoel Costa Ferreira, de 16 anos, que estava internado há 10 dias, vítima de seis tiros no Bairro de Fátima, morreu na madrugada desta segunda-feira (26) no Socorrão II, em São Luís, após ficar aguardando por um exame de tomografia para a realização de uma cirurgia para a retirada de 6 balas alojadas no tórax, abdômen e cabeça. 
O secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, informou que o tomógrafo do Socorrão I apresentou um problema em duas peças que foram trocadas pela empresa responsável pela manutenção.
Durante o período em que Wanderson esteve internado a família registrou um boletim de ocorrência sobre o caso. Depois procurou o Ministério Público para averiguar a situação do aparelho de tomografia e para obrigar o hospital a realizar o exame. 
O caso foi para também na Defensoria Pública do Estado. Mas a burocracia foi tão grande que o adolescente acabou não resistindo e morrendo. Lula Fylho informou ainda que todas as tomografias dos pacientes do Socorrão I estão sendo realizadas no Socorrão II e no Hospital da Mulher e que, quando solicitado pelos médicos, o paciente é levado para fazer o exame. 
Por G1

Comentários