Aos prantos, Arnaldo Cezar Coelho se despede da Rede Globo

Ex-árbitro de futebol, responsável por apitar a final da Copa do Mundo de 1982 entre Alemanha e Itália e pioneiro no país na atividade de comentarista de arbitragem, Arnaldo Cezar Coelho, 75 anos, despediu-se da Rede Globo na tarde desta terça-feira, 20, antes do amistoso entre Brasil e Camarões, no último amistoso da seleção no ano.
Desde 1989 como comentarista de arbitragem do canal, Arnaldo havia anunciado sua saída da função durante a Copa do Mundo da Rússia. Sua estreia aconteceu na decisão do Brasileirão de 1989, entre Vasco e São Paulo. Sua despedida ocorre após atuar na função em oito Copas do Mundo.

Chorando ao lado do companheiro de transmissões, o narrador Galvão Bueno, Arnaldo disse que “valeu, e estão valendo” os anos de trabalho na emissora. “Além de termos feito uma amizade grande e bonita entre nós – nos falamos quase todos os dias nesses últimos 30 anos em que estamos juntos -, eu aprendi muito com você. Você me ensinou muito, a ser mais paciente. Entre chutar o balde e engolir sapos, me ensinou a engolir um pouco mais de sapos. Eu te agradeço muito, fará uma falta muito grande”, disse Galvão Bueno, também emocionado.

Amarelas: “Só estarei na Copa do Qatar como turista”

“Quando estreei há 29 anos, eu me propus a explicar a regra do futebol de forma didática, porque é o esporte mais praticado dentro do Brasil e poucos sabiam de regras. Hoje eu acho que meu dever está cumprido. Acho que todos nós conhecemos um pouco mais de regra e discutimos um pouco mais”, afirmou Arnaldo.

Comentários