Bolsonaro indica Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou no começo da noite desta quarta-feira a deputada Tereza Cristina (DEM) para o cargo de ministra da agricultura de seu futuro governo. A parlamentar eleita pelo Mato Grosso do Sul é atualmente presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) do Congresso Nacional.

Engenheira agrônoma e empresária, Tereza Cristina ficou nacionalmente conhecida recentemente pelo apelido de “musa do veneno” por conta de sua atuação em defesa do projeto de lei que deixa a critério do Ministério da Agricultura o registro de agrotóxicos no país.

Em seu estado natal, Tereza Cristina foi secretária de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo e diretora-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal. A Frente Parlamentar Agropecuária emitiu nota oficial assim que o presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou a indicação. Leia abaixo na íntegra:
Membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) estiveram reunidos, hoje, com o Presidente da República eleito Jair Bolsonaro.
A bancada, após consenso entre parlamentares e entidades representativas da Agropecuária, sugeriu o nome da deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), presidente de FPA, para o Ministério da Agricultura.
Jair Bolsonaro aceitou a indicação e confirmou o nome da deputada Tereza Cristina para assumir a pasta.

Comentários