Cão de Temer é internado após ingerir substância tóxica de forma inusitada

O cachorrinho do filho de Michel Temer foi internado após morder um animal. Piculy - que é novo na família e já aprontou bastante - tentou comer um sapo, mas não deu muito certo.
“Piculy como sempre quer ser o caçador. Desta vez, mordeu um sapo. Não sabia que o poder do veneno é tóxico demais, por pouco Piculy morre. Ele está bem”, revelou no Instagram oficial dele e de seu irmão canino - Thor.
Por vix.com

Comentários