Cidade dos EUA ficará dois meses sem ver luz do sol

A pequena cidade de Utqiaġvik, também conhecida como Barrow, no Alasca, viu seu último pôr do sol do ano no domingo (25). A próxima vez que os 4 mil habitantes do povoado localizado mais ao norte do Estados Unidos verão a luz solar será apenas no dia 23 de janeiro de 2019.

Outros povoados, Kaktovik, Point Hope e Anaktuvuk Passt também devem ficar sem ver a luz do sol por um longo período. O fenômeno é conhecido como “noite polar” e é comum em regiões localizadas em círculos polares, que passam mais de 24 horas sem sol.

Segundo o site Weather.comm, o sol não nasce ao norte do Círculo Polar Ártico entre novembro e janeiro “devido à inclinação da Terra longe da luz solar direta”.

Localizada mais ao norte do que todos os outros povoados, Utqiaġvik é a primeira cidade afetada pelo fenômeno todos os anos.

Isso não significa que a região ficará na escuridão total pelos próximos meses: quando o sol fica a seis graus da linha do horizonte, uma pequena iluminação é irradiada no local por aproximadamente três horas. Este fenômeno é chamado de “crepúsculo civil”. (Com informações da BBC)

Comentários