Deputada descobre a morte da filha no Congresso

O México vive alarmante onda de crimes e assassinatos. A violência tem afetado quase todas as regiões do país e 2018 tende a ser o ano mais sangrento em décadas. Um dos casos mais recentes e chocantes aconteceu em meio a uma sessão na Câmara dos Deputados.  A parlamentar Carmen Medel recebeu por telefone a notícia do assassinato de sua filha, Valeria Cruz Medel, de 22 anos, em Ciudad Mendoza, no Estado de Veracruz e as imagens  de sua tristeza ganharam o mundo.


Segundo informações locais, um homem  armado entrou em uma academia e abriu fogo contra Valeria Cruz. Quando ficou sabendo do crime por um telefonema, a deputada Medel, do Movimento de Regeneração Nacional (Morena), sofreu uma crise nervosa em sua cadeira no plenário e começou a gritar de raiva. A sessão parlamentar foi suspensa.
Pablo Gómez —um dos nomes mais importantes do partido da deputada Medel— falou em nome de todos os deputados. “Valeria foi hoje vítima do estado de violência em que vivem os mexicanos e mexicanas… Estamos todos sujeitos a essa crise de violência. Todos juntos, como legislatura, devemos responder, devemos pacificar o México”, afirmou. Em 2018 o México já ultrapassou os 22 mil homicídios. 
Por Yahoo.

Comentários