EMPRESÁRIOS AMEAÇAM CORTAR VERBA DO INSPER SE HADDAD VOLTAR A DAR AULA

Empresários que apoiam financeiramente o Insper, instituição sem fins lucrativos que se dedica ao ensino e à pesquisa, ameaçam simplesmente abandonar projetos e o programa de bolsas de estudos da instituição se Fernando Haddad for reintegrado ao quadro de professores. O Insper é uma escola de ensino superior da elite paulistana nas áreas de negócios, economia, direito, engenharia mecânica, engenharia mecatrônica e engenharia da computação.

O economista Marcos Lisboa, amigo de Haddad, é o presidente do Insper. De 2006 a 2009, ele foi diretor-executivo do Itaú Unibanco e, de 2009 a 2013, atuou como vice-presidente. De 2003 a 2005, foi secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda. Durante a campanha presidencial, o nome de Lisboa foi cogitado mais de uma vez como nome forte para ministro da Fazenda de um eventual governo Haddad, mas ele sofre muitas restrições no PT e na esquerda por sua formação de cunho neoliberal.


Haddad está licenciado da Universidade de São Paulo (USP), pois solicitou afastamento por um período de 90 dias, em função da campanha eleitoral. Ele retorna à USP em 2019, para lecionar as disciplinas de administração e gestão pública.
amp.brasil247.com

Comentários