Final entre River x Boca é adiada para as 20h15 após ataque a ônibus

O Boca Juniors pediu à Conmebol que fossem realizados exames nos jogadores do seu time após o ataque sofrido ao ônibus que levava a delegação ao estádio Monumental de Nuñes, no começo da tarde deste sábado (24). A partida foi oficialmente atrasada em uma hora, das 18h para às 19h (horário de Brasília). Pouco depois, às 18h45, um novo comunicado adiou o início da final para as 20h15 (horário de Brasília). A suspensão do encontro e o adiamento para outra data ainda não foi descartada.
 
De acordo com informações de outro jornal argentino, o Clarín, seis jogadores teriam se sentido mal após o ataque com gás de pimenta (Carlos Tevez, Fernando Gago, Julio Buffarini, Agustín Almendra, Nahitán Nandez e Darío Benedetto). Outros atletas teriam sofrido cortes com estilhaços da janela que se quebrou após ser apedrejada.
O canal TNT Sports informou que Pablo Pérez, capitão do Boca Juniors, foi encaminhado ao hospital de ambulância devido os ferimentos. O atleta mostrou como ficou seu olho após o ocorrido:
Fotos compartilhadas na internet mostram situação dos vestiários do Boca; veja:
Logo após o incidente com o ônibus do Boca, dirigentes da Conmebol decidiram adiar em uma hora o início da partida, das 18h para às 19h (horário de Brasília), deste sábado (24).
Por R7.

Comentários