Questão sobre Minecraft cai no segundo dia de prova do Enem

Após horas de prova, candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 deixam o Centro Universitário de Brasília (UniCeub), um dos mais de 10 mil locais de prova espalhados em todo o Brasil. Dos mais de 5,5 milhões de candidatos inscritos em todo o país, 106.308 são do Distrito Federal.

Neste domingo (11/11), as perguntas eram sobre matérias de exatas. O exame trouxe questões que abordaram a genética das plantas, o uso de combustíveis em veículos e a teoria das eleições. O caderno tem 45 perguntas de matemática e outras 45 relacionadas a ciências da natureza. É a última etapa da avaliação capaz de aproximar os participantes da vaga no ensino superior no próximo ano. A publicação do gabarito será em 14 de novembro. Já os resultados individuais serão divulgados em 18 de janeiro.

Segundo o candidato Gilvann Dias, 48 anos, tenente do Exército (foto acima), a avaliação foi “pesada”. Persistente, ele diz tentar pela oitava vez o curso de medicina. “É meu sonho”, disse. Antes de fazer a prova, sua rotina de estudos era diária. “Uso a internet para me preparar. Trabalho o dia todo e aproveito as horas vagas”, destacou.

Os portões dos locais de prova abriram às 12h e foram fechados uma hora depois

Os participantes do exame foram surpreendidos com uma questão de matemática que falava sobre Minecraft, um jogo virtual que permite o usuário criar sua própria realidade. Para Adriel Oliveira, 18 anos, candidato pela primeira vez ao exame, a inclusão do tema na avaliação foi uma tentativa do Inep de chamar a atenção dos participantes.

“Foi uma questão de geometria mais interpretativa. Não era necessário fazer cálculo. Acho legal inserir esse tipo de proposta no Enem. Acredito que é uma tentativa de se aproximar do universo da nossa geração”

Outra inscrita nesta edição do Enem é Estefanny Barbosa, 15 anos. A jovem fez a avaliação para treinar. “Quero ir me acostumando e pegar a prática. Pretendo fazer de novo até o terceiro ano, quando poderei ser candidata”, falou ao enfatizar que sua meta é o curso de história da Universidade de Brasília (UnB). “Achei a prova de hoje fácil. Me senti mais tranquila no dia de humanas”, completou.

As duas provas do Enem foram aplicadas em 1.725 municípios brasileiros. Neste domingo (11/11), cerca de 5,5 milhões responderam questões de exatas e ciências da natureza. Mais tarde, o Inep fará coletiva de imprensa para anunciar balanço sobre os dois dias de prova. Segundo a autarquia, cerca de 600 mil pessoas atuam em ações logísticas para garantir a segurança e o sucesso do exame.

Na manhã deste domingo (11), voluntários ofereceram abraços grátis e dizem palavras de incentivo aos candidatos do exame.
Por Metrópoles

Comentários