Caminhoneiro segue desaparecido após ataques em Bacabal

A Polícia Civil ainda não tem pistas do paradeiro de Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, que desapareceu após o assalto a um centro de distribuição do Banco do Brasil de Bacabal, no dia 25 de novembro.
Obadias é de Pernambuco e era dono de um caminhão usado pelos ladrões para fugir com o dinheiro roubado. O veículo foi encontrado queimado a 60 km de Bacabal.
A família de Obadias, em Recife, também segue sem conseguir contato com o caminhoneiro. De acordo com a sobrinha dele, Lene Monte, na noite do crime Obadias falou com a família indicando que estava em Bacabal, mas desde este dia nunca mais deu notícias.
De acordo com a polícia, o caminhoneiro teria sido raptado para dirigir o caminhão e empreender fuga. Até o momento, ninguém foi preso.
Operações policiais
A polícia diz que segue com barreiras pelas rodovias da região de Bacabal buscando prender a quadrilha que assaltou o centro de distribuição do Banco do Brasil da cidade. Até o momento, a polícia recuperou quase R$ 4 milhões que estavam das mãos de moradores. Os investigadores acreditam que os bandidos podem ter levado mais de R$ 100 milhões no assalto.
A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão afirma que o líder do grupo que assaltou o BB de Bacabal é o assaltante baiano Zé de Lessa, que teria comandado o assalto do Uruguai. Durante o confronto entre policiais e assaltantes na noite do crime, um morador da cidade e três criminosos morreram.
A polícia diz que segue com barreiras pelas rodovias da região de Bacabal buscando prender a quadrilha que assaltou o centro de distribuição do Banco do Brasil da cidade. Até o momento, a polícia recuperou quase R$ 4 milhões que estavam das mãos de moradores. Os investigadores acreditam que os bandidos podem ter levado mais de R$ 100 milhões no assalto.
A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão afirma que o líder do grupo que assaltou o BB de Bacabal é o assaltante baiano Zé de Lessa, que teria comandado o assalto do Uruguai. Durante o confronto entre policiais e assaltantes na noite do crime, um morador da cidade e três criminosos morreram.

Comentários