Jovem é empurrada por 'amiga' de ponte com quase 20 metros de altura

Um vídeo filmado por um grupo de amigos flagrou o momento em que Taylor Smith, de 18 anos, aparece empurrando a amiga Jordan Holgerson, de 16, de uma altura de 18 metros, o que é equivalente a um prédio de 6 andares. O caso foi parar na justiça e a primeira audiência foi realizada nesta semana. O incidente ocorreu no parque ambiental situado em Yacolt, próximo de Portland, em Oregon, nos EUA. 
Com a queda, Jordan teve seis costelas quebradas, perfuração em um pulmão, escoriaçoes sobre o esôfago e ferimentos na traqueia. Além disso, a menina ainda apresentou um quadro de pneumotórax. 
Taylor se defende dizendo que é inocente e afirma que a amiga tinha pedido para ser empurrada. "Ela queria pular, mas estava com medo. Então ela me pediu que a empurrasse. Não pensei nas consequências. Eu só queria encorajá-la", finalizou a jovem.
A versão de Taylor é negada por Jordan, que diz que inicialmente queria pular, mas acabou ficando com medo ao perceber a altura da queda. Porém, como o vídeo mostra, Taylor empurra a amiga contra a sua vontade. 
"Ela estava fazendo contagem regressiva. Eu disse que não estava pronta, e, de repente, ela me empurrou", disse Jordan.
Ela ainda tentou visitar a amiga no hospital, mas acabou sendo barrada. A jovem chegou a dizer que pediu desculpas "diversas vezes". Com o ocorrido, a amizade das duas foi completamente abalada e, ultimamente, elas não mantém mais nenhum contato. 
O julgamento foi marcado para 11 de fevereiro. Taylor pode ser condenada a 1 ano de prisão.
Assista o vídeo:
 (Com informações do Extra).

Comentários