Rodovia que interliga São Francisco do Maranhão e Barão de Grajaú foi cortada pela chuva


A MA-278, que interliga os municípios de São Francisco do Maranhão e Barão de Grajaú, e foi inaugurada pelo governo Flávio Dino (PCdoB) faltando menos de uma semana para o primeiro turno da última eleição, foi cortada durante a cheia do riacho da Barra do Saco, causada pelas fortes chuvas que castigam a região nos últimos dias. O tráfego de veículos foi interrompido na via e será preciso uma operação complexa para restabelecer a mobilidade na via.
A construção da rodovia, cuja extensão é de 65 km, custou mais de R$ 46 milhões. A estrada foi entregue em 2 de outubro, durante solenidade com a presença do secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, e autoridades locais. A cerimônia acabou se transformando em ato de campanha do governador, que mesmo ausente, por força da legislação eleitoral, foi favorecido politicamente, já que o titular da Sinfra fez questão de mostrar todos os feitos da gestão comunista na cidade.
Na ocasião, o vice-prefeito de São Francisco do Maranhão, Júnior Furreca, seguindo fielmente a linha do prefeito Adelbarto Santos (PCdoB), chegou a dizer que tratava-se da maior obra já inaugurada no município. Ao recorrer ao dicionário, o blog tomou conhecimento de que a palavra “furreca” é sinônimo de algo de “pequeno ou nenhum valor, reles, insignificante”.
A julgar pelo sobrenome de quem fez o elogio, o colapso da obra apenas dois meses após a inauguração era algo esperado.
Fonte: Blog Mirra da Barra

Comentários