Suspeito de sequestrar jovem e filha de oito meses é preso no Maranhão

De acordo com o delegado Acácio Leite, Luís Fernando Lourenço era considerado foragido. Taina Queiroz e a filha Sofia Helena da Silva estão desaparecidas desde o dia 3 de novembro.

O homem suspeito de sequestrar a jovem de Pilar do Sul (SP) Taina Queiroz, de 18 anos, e a filha dela de oito meses Sofia Helena da Silva, foi preso neste sábado (1º) em São Luís, no Maranhão. A informação foi confirmada pelo delegado Acácio Leite, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba (SP).


Taina e a filha não são vistas pela família desde o dia 3 de novembro. O marido da jovem, Raul Kennedy da Silva, de 19 anos, registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento, mas suspeita que o ex-patrão, Luís Fernando Lourenço, tenha sequestrado as duas.

Ao G1, o delegado afirmou que foi informado de que Luís foi preso pela Polícia Civil por ser considerado foragido. Porém, não informou se ele se apresentou na delegacia ou se foi denunciado.

"Fui informado sobre a prisão e que está lá no plantão. Taina e a filha foram encaminhadas para um abrigo, e a família foi informada sobre o encontro delas."

Ainda de acordo com o delegado, Luís será encaminhado para a região de Sorocaba, onde cumprirá pena por estelionato e será investigado em relação ao inquérito policial sobre subtração de incapaz. "Ele será trazido para a região de Itapetininga nos próximos dias, onde ficará à disposição da Justiça.

Comentários