Após meses na geladeira, José Mayer é dispensado pela Globo

Após ficar na geladeira por meses, o contrato do ator José Mayer não foi renovado e venceu em dezembro último. As informações foram confirmadas pela própria Globo através de nota emitida nesta terça-feira (15).

"Depois de mais de 35 anos de uma trajetória iniciada na novela 'Guerra dos Sexos', em 1983, com participação em mais de 40 obras, entre novelas, séries, minisséries e especiais, a Globo e o ator José Mayer informam o fim da parceria, de comum acordo, no final de 2018”, diz a nota.

A DENÚNCIA

O (agora) ex-ator global foi acusado de assédio pela assistente de figurino Susllem Meneguzzi Tonani durante as gravações da novela “A lei do Amor”. A revelação foi feita durante um relato para um blog no final de março de 2017.

"Essa história de violência se iniciou com um simples elogio: 'como você é bonita'. Trabalhando de segunda a sábado, lidar com José Mayer era rotineiro. E com ele vinham seus 'elogios'. Desde: 'como você se veste bem', até: 'como a sua cintura é fina', 'fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho', 'você nunca vai dar para mim?'", diz a figurinista no relato.

Su afirmou que chegou a sofrer perseguição por um delegado que a recebeu quando foi em busca de entrar com um processo contra José Mayer. “Se em algum momento pensei em entrar com um processo e ir para vias jurídicas, fui extremamente inibida por um delegado logo após a minha denúncia”, disse durante a palestra Mulher no Trabalho, em agosto último.

NA GELADEIRA

O caso repercutiu de tal forma que a Globo colocou o ator na geladeira desde então. O último papel de Mayer foi na novela “A Lei do Amor”, em 2016, quando interpretou o vilão Tião.

Algumas atrizes se mobilizaram para realizar um boicote à própria emissora após saberem que haveria a possibilidade de o ator voltar às telinhas para a novela “O Sétimo Guardião”, escrita por Aguinaldo Silva, que desejava vê-lo interpretando em sua produção. O desejo também era mútuo por parte de outros colegas de trabalho de Mayer.

Ele não foi escalado e, meses depois, surge a notícia de que o ator foi internado no hospital Casa de Saúde de São José, no Rio de Janeiro, para tratar de uma doença autoimune: uma Granulomatose de Wegener.

Um mês depois internado, ele desabafou sobre sua situação na emissora global e disse apenas que queria descansar: “Tudo o que quero, tudo de que preciso, é descansar”.

(DOL com informações do Notícias da TV)

Comentários