Asteroide observado pela NASA deve ficar 'próximo' à Terra; ele se move a 6.38 km/s


Descoberto há menos de uma semana pela Nasa está se aproximando da Terra com uma velocidade 20 vezes maior do que a do som. De acordo com a agência espacial, o objeto, apelidado de 2019 BB5, deve fazer sua maior aproximação na quarta-feira, 7. Na prática, a aproximação atinge mais ou menos 6.38km por segundo, em uma distância considerada pela Nasa como “próxima”.

Apesar de próximo, o asteroide não deve trazer preocupações, já que estará a mais ou menos 4,25 milhões de km distante do nosso planeta.
“Com crescente regularidade, os cientistas estão descobrindo asteroides e cometas com órbitas incomuns, que os aproximam da Terra e do Sol”. Poucos desses corpos são perigos em potencial para a Terra, mas quanto mais soubermos e entendermos sobre eles, mais bem preparados estaremos para tomar as medidas apropriadas em rota de colisão. Conhecer tamanho, forma, massa, composição e  estrutura desses objetos ajudará a determinar a melhor maneira de desviar uma rocha espacial quando encontrarmos uma que ameace a vida na Terra”, indica a Nasa.
O asteroide está sendo monitorado pelo JPL, laboratório responsável por analisar objetos do tipo. O 2019 BB5 tem 27,9 metros e pesa 11 mil toneladas, um tamanho considerado normal para os asteroides do sistema solar.
 https://br.yahoo.com

Comentários