Jogadores do Sampaio são ameaçados de morte por facção criminosa

Com início de temporada ruim, o Sampaio Corrêa vem sendo pressionado pela torcida, que cobra melhores resultados. Com o superclássico pela frente, onde o Tricolor enfrenta o Moto Club, no próximo sábado (9), às 17h, no Estádio Castelão, os jogadores foram recebidos por um “recadinho” que foi pichado no muro do Centro de Treinamento José Carlos Macieira, no Turu.

O recado, além de pressionar jogadores, ainda ameaça a vida dos atletas. A assinatura da pichação é de uma facção criminosa que domina o tráfico e criminalidade em algumas áreas da região metropolitana de São Luís.


De acordo com informações de funcionários do clube, que preferiram não se identificar com medo de represálias, a pichação foi feita durante a madrugada. 
http://www.netoweba.com.br/

Comentários