Jovem faz POST ameaçando escola e é preso em Manaus

Homem que matou a namorada ligou para os pais após o crime: “Fiz besteira”

O motorista Anderson Dornelos Urich, de 25 anos, que estrangulou e matou a namorada Thaís de Andrade, de 29, ligou para os pais após fugir do local do crime. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (5) em Borborema, no interior paulista, quando o casal voltava de uma festa de carnaval. As informações são do G1.
Segundo a polícia, o crime aconteceu na casa onde eles moravam após uma briga. De acordo com familiares, o casal foi curtir o carnaval de rua e levou a filha da balconista, de 14 anos, para casa da avó, mas quando chegaram em casa começaram a discutir e ele a estrangulou.
As autoridades acreditam que Anderson estava sob efeito de álcool quando cometeu o crime porque falava frases conexas.
“Ele ligou para os pais dizendo que fez uma besteira e pediu para que o pai fosse até a casa dele. Os pais viram o corpo e acionaram a PM”, contou o sargento Antenor Batista Junior ao G1.
Urich fugiu a pé achando que a namorada estava apenas desmaiada, mas se entregou após conversar com a polícia. Na casa a perícia encontrou cocaína – exames toxicológicos devem apontar se o casal tinha consumido drogas ou álcool.
Anderson e Thaís estavam juntos há pelo menos 5 anos, mas a polícia descobriu que o relacionamento era conturbado e cheio de idas e vindas.
Anderson, que até então não tinha passagens pela polícia, vai responder por feminicídio por motivo fútil. A polícia pediu a prisão temporária dele.
 https://br.yahoo.com

Comentários