Polícia captura integrantes de facções de alta periculosidade


A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio do 18º DP da Cidade Olímpica e da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em operação conjunta com o GSA da Polícia Militar, deu cumprimento, nesta quarta-feira (10), a dois mandados de prisão preventiva contra suspeitos de integrar a facção criminosa Comando Vermelho (CV).

Os presos foram identificados como Kailan Trindade Viana, conhecido como “Rugal”, considerado de extrema periculosidade, que atua como “disciplina” da facção; e André dos Santos Aires, principal comparsa de “Bruno Verde”.

Segundo informações da polícia, “Rugal” é investigado pela prática de um duplo homicídio contra Carlos Lisboa do Vale e Diego Aguiar Soares, em 08 de setembro de 2018, e por crime de organização criminosa.

André Aires, no dia 13 de julho de 2018, praticou roubo a um ônibus na companhia de “Bruno Verde” e outros integrantes da facção criminosa, com utilização de armas de fogo. Eles subtraíram vários pertences de vítimas, além de dinheiro que estava com o cobrador.

A polícia não descarta a participação de André Aires em assaltos a ônibus que ocorreram recentemente, o que será alvo de investigações.

Após os procedimentos de praxe, os dois presos foram encaminhados ao presídio de Pedrinhas, ficando à disposição da Justiça.
Por blog do Gilberto Lima.

Comentários