Polícia prende assassino de motorista de Uber em São Luís

Policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), prenderam, na manhã desta quinta-feira (11), Lúcio Johannes Martins Mota, de 20 anos, suspeito de ter assassinado a tiros o motorista de Uber Edimilson Pimenta Azevedo, de 54 anos, no dia 6 de janeiro deste ano, por volta de 19h30, no Bairro Liberdade, em São Luís.
No momento do ataque criminoso, a vítima fazia uma corrida entre os bairros Ipase e Madre Deus. O autor dos disparos trafegava em uma motocicleta e  teve um atrito com Sonny Anderson, um dos passageiros do Uber e que já teve mandado de prisão cumprido pela SHPP por crime de roubo qualificado.

A partir daí, o assassino passou a perseguir o veículo, efetuando disparos de arma de fogo desde o bairro Apeadouro, localizado a 2 km do local onde o motorista foi atingido. Edimilson Azevedo morreu nas proximidades da Avenida Luiz Rocha, no bairro da Liberdade. Ele ainda dirigiu por alguns metros e colidiu contra uma árvore.
A prisão foi realizada na Rua do Chafariz, no bairro de Fátima, onde o assassino reside. A operação para prender Lúcio Mota foi realizada por equipes da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC/GRT) e da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).
 https://www.gilbertolima.com.br

Comentários