Suspeito de participar de grupo de extermínio é preso em Icatu


A Polícia Civil do Maranhão, no curso da Operação Magni I, deflagrada no âmbito da Superintendência da Policia Civil do Interior (SPCI), por meio da Primeira Delegacia Regional de Rosário, prendeu, na manhã de quinta-feira (11), José Maria Carneiro Silva, conhecido como “Japão”, na cidade de Icatu, a 108 km de São Luís, em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

De acordo com informações repassadas pelo delegado Mário Vicente de Rosário, o suspeito José Silva seria integrante de um grupo de extermínio ou milícia armada, e estaria envolvido em uma série de assassinatos ocorridos na região de Icatu.

O delegado Mário Vicente informou ainda que o suspeito, José Silva, responderá pela prática dos crimes previstos nos artigos 121, parágrafo 2, I, III e IV e parágrafo 6 c/c art. 29, e 288-A, constituição de milícia privada.

José Silva foi encaminhado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em São Luís, para interrogatório e demais providências.
Por blog do Gilberto Lima

Comentários