UPA de Caxias é a Unidade de Saúde que mais acumula Mortes no Maranhão


Os números são alarmantes, apenas em 2017 foram mais de trezentas e dez mortes dentro da Unidade de Pronto de Atendimento de Caxias. Uma casa de saúde que deveria ter como utilidade restauração da saúde das pessoas tornou-se um verdadeiro palácio da morte.


Em 2018, pelo segundo ano seguido, os números também foram altos, tendo a UPA caxiense acumulado precisamente 304 mortes.

Alto número de mortes na UPA de Caxias chama atenção

A verdade é muito simples, aqueles que procuram ajuda na UPA de Caxias não tem a certeza que sairão vivos lá de dentro. 


As reclamações sobre a falta de medicamentos são constantes, muito profissionais desempenham suas funções com esmero, mas tem suas tarefas prejudicadas devido a regularidade com que faltam gases e outros insumos. Frequentemente os familiares dos pacientes tem que arcar com a despesas dos medicamentos comprando em farmácias pela cidade porque na UPA não tem o remédio que o médico prescreve.


Fábio Gentil no comando do descaso em Caxias

Não é de hoje que o prefeito Fábio Gentil (PRB) opera um verdadeiro sucateamento da Saúde Municipal.


O descaso mata, e como podemos ver na cidade governada por Fábio Gentil, o descaso tem matado bastante gente.


Por Observatório dos cocais

Comentários